fbpx

A importância de ter um software próprio em sua empresa2 min read

Os softwares genéricos geralmente não atendem a demanda das empresas, geralmente, sobram ou faltam funções. Por isso, um software próprio é o mais adequado.

Utilizar a tecnologia como um investimento para o crescimento das empresas se tornou algo comum até mesmo para os pequenos negócios. Andando lado a lado com as novas tendências e demandas dos consumidores, as empresas viram a tecnologia como uma forma de manterem-se competitivas no mercado e proporcionarem serviços mais modernos e completos. E por isso, muitas empresas tem optado por ter um software próprio.

Internamente, máquinas, sistemas, aplicativos e softwares passaram a ser essenciais para aprimorar processos e auxiliar os colaboradores em suas atividades. Afinal, quanto mais ágil e melhor se produzir, mais competitiva a empresa se torna.

E para maximizar e intensificar ainda mais essa eficácia, a empresa precisa escolher recursos que sejam adaptados ao porte, segmento e capacidade de investimento da empresa. Atualmente, diversas empresas oferecem diferentes tipos de softwares, que atendem atividades específicas para cada área.

Apesar de serem muito positivos, esses softwares muitas vezes não atendem exatamente o que é esperado pela empresa. Isso porque eles que não são adaptados especialmente para as demandas, características e necessidades do seu negócio.

Para aproveitar ao máximo o que um software pode oferecer para a empresa, investir em um software próprio para o seu negócio pode ser a solução mais eficaz! Ele pode atender os requisitos relacionados à “cara da empresa”, se tornando uma ferramenta indispensável para a mesma.

Diferente dos softwares genéricos, que atendem as áreas da empresa, um software próprio para a empresa é feito segundo as necessidades de cada instituição. Por isso, tem como base todas as características organizacionais da empresa. Dessa forma, todas as funcionalidades irão trazer soluções reais para a empresa. Apesar de exigir um maior investimento, traz consigo uma série de vantagens para a empresa.

Veja a seguir alguns dos principais motivos para a investir em um software próprio:

A empresa paga pelo que usa

Os softwares prontos e genéricos contém muitos módulos e funcionalidades que, nem sempre, são necessários para o dia a dia da empresa. Dessa forma, as empresas acabam pagando por um software como um todo, mesmo sem utilizar todos os seus recursos. Investindo em um software próprio, a sua empresa insere nele apenas as funcionalidades úteis para os setores, pagando somente pelo o que vai usar.

Com isso, a interface do programa fica até mais fácil e intuitiva de ser operada por qualquer colaborador da sua empresa, já que não existirá um grande volume de módulos e funcionalidades.

Escalabilidade

Softwares que são criados sob medida podem ser facilmente escalados, ou seja, pode aumentar ou diminuir de acordo com a demanda. Dessa forma, ele “escala” à medida que seu negócio cresce, evitando que haja a limitação de recursos em seu processo de expansão.

Diferentemente do que ocorre com softwares genéricos, que precisam ser substituídos para que haja um aumento de funções em meio ao crescimento do negócio, ou quando muda-se o foco da empresa, por exemplo.

Equipe mais engajada

Ao lidarem com um software próprio, que tem um layout amigável, fácil de mexer e que atende exatamente as necessidades dos colaboradores, a equipe se sente mais à vontade para utilizar a ferramenta e, consequentemente, fica mais engajada.

O software próprio proporciona boas experiências aos colaboradores e possibilita uma cultura organizacional mais focada e colaborativa. Quer entender melhor sobre como criar um software para o seu negócio? Então entre em contato com nossos especialistas da fábrica de software AQUI.

Mais artigos para você

Saas: o que é e quais são seus benefícios?

O saas é um tipo de software de serviço. Seu processo de contratação e implementação é muito mais simples que os comuns. Conheça mais sobre!

Aprenda a implementar metodologias ágeis na manutenção industrial

Sim, é possível utilizar metodologia ágil na manutenção industrial, é claro que são necessários alguns ajustes e nós vamos te falar quais são!

5 formas de reduzir os custos da manutenção industrial

Aprenda quais passos são cruciais na hora de reduzir os cursos da manutenção na seua empresa.Existem boas práticas que vão te ajudar a economizar!

Porque você deveria buscar a humanização do atendimento no seu negócio?

Um dos pontos que mais tem atraido a atenção dos clientes é a humanização do atendimento. No service desk isso é ainda mais crucial. Entenda o porquê disso.

5 informações que são indispensáveis no PCM

Estruturar um bom PCM requer algumas informações cruciais para garantir que ele realmente funcione e seja efetivo. Confira quais são aqui!

Software de manutenção industrial: vantagens e como ele pode ser um poderoso diferencial para sua empresa

Conheça aqui quais são as vantagens de um software de manutenção industrial e o quanto ele pode melhorar o desempenho da sua indústria.